Entre com seu E-Mail:

Cadastre seu E-mail e receba gratuitamente as últimas notícias Contábeis e Jurídicas do ContJus - FeedBurner

terça-feira, 22 de julho de 2014

Reforma Política: candidata à Presidência da República apoia OAB


Reforma Política: candidata à Presidência da República apoia OAB
Da assessoria de imprensa do Conselho Federal
Brasília – O presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, reuniu-se nesta quarta-feira (16) com a candidata à Presidência da República Luciana Genro (Psol). A Ordem receberá todos os candidatos a presidente. A ex-deputada compareceu à sede da Ordem para mostrar apoio ao projeto de reforma política apresentado pela entidade e também à Adin que proíbe o financiamento de campanhas eleitorais por empresas privadas. A advogada gaúcha elogiou ainda a ação movida pela OAB no STF pela auditoria da dívida pública e a ADPF que busca a possibilidade de punição para torturadores da ditadura militar.
Segundo Marcus Vinicius, é importante o diálogo da OAB com candidatos a cargos públicos. "A Ordem dos Advogados do Brasil é a voz constitucional do cidadão e zela pelo aprimoramento das instituições brasileiras. A eleição é o momento maior da democracia e iremos fazer chegar a todos os candidatos, sempre de maneira apartidária, as bandeiras defendidas pela instituição para contribuir para a construção de uma nação justa, fraterna e solidária", afirmou o presidente do CFOAB, que entregou à Luciana Genro uma cópia do projeto de reforma política elaborado pela OAB juntamente com CNBB e outras 30 entidades.
Luciana Genro agradeceu a oportunidade de se reunir com a OAB. "Buscamos valorizar a OAB como entidade representativa da sociedade civil, com papel muito importante na elaboração de propostas que dialogam com o que defendemos. A proposta de reforma política, que busca acabar com financiamento privado e conquistar uma maior democratização do tempo de televisão, é fundamental para que se tenha aprofundamento das regras democráticas e possibilite que a eleição não seja apenas um jogo de poder econômico", disse.
Quanto à auditoria da dívida pública, antiga bandeira da OAB, Luciana Genro disse ser uma prioridade para o povo brasileiro. "O Brasil paga cerca de R$ 1 trilhão por ano em juros e amortização e mesmo assim a dívida segue crescendo. Valorizamos a iniciativa da OAB porque esse sistema é nefasto para o povo brasileiro", disse.
 "OAB tem tido protagonismo importante nas lutas democráticas do país, como na ADPF que buscou a possibilidade de punição para torturadores da ditadura. Há um conjunto de propostas que a OAB tem apresentado e que contribuem para a democracia. Vamos apoiar e dar voz a essas propostas", finalizou.
Também participaram da reunião no Conselho Federal da OAB Claudio Lamachia, vice-presidente; Cláudio Stábile, secretário-geral adjunto; Antonio Oneildo Ferreira, diretor tesoureiro; Pedro Henrique Alves, presidente da OAB-PE; Bruno Baptista, diretor tesoureiro da OAB-PE; Toninho, candidato a governador do Distrito Federal; Aldemario Araújo de Castro, conselheiro federal licenciado e candidato ao Senado; Maria Lucia Fattorelli, candidata a deputada federal; Fabiana Barth, do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral; e Tatiana Maranhão, suplente à candidatura ao Senado.
IMAGEM: Marcus Vinicius entrega projeto de reforma política da OAB à candidata Luciana Genro (Foto de Eugenio Novaes – CFOAB)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares