Entre com seu E-Mail:

Cadastre seu E-mail e receba gratuitamente as últimas notícias Contábeis e Jurídicas do ContJus - FeedBurner

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Medida provisória aumenta mínimo para R$ 540 a partir de 1º de janeiro

O salário mínimo sobe de R$ 510 para R$ 540 a partir de 1º de janeiro. O novo valor consta de medida provisória assinada, nesta quinta-feira, pelo presidente Lula.

O reajuste de pouco mais de 5% obedece à regra de correção do mínimo pela inflação mais o PIB de dois anos anteriores. Como a economia não cresceu em 2009, o salário mínimo de 2011 apenas repõe as perdas com a inflação, sem aumento real.

Ao anunciar o novo valor, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que a manutenção da regra de reajuste do mínimo é positiva para o controle fiscal e evita novas pressões sobre o déficit da Previdência. Mantega também reafirmou que as perdas serão compensadas em janeiro de 2012, quando o crescimento do PIB em 2010 vai garantir um aumento real de, pelo menos, 7,5% para o salário mínimo.

Líder do PDT e presidente da Força Sindical, o deputado Paulo Pereira da Silva já anunciou que vai tentar elevar o valor ainda em 2011, durante a tramitação da medida provisória no Congresso. Paulinho vai apresentar emendas, propostas pelas centrais sindicais que fixam o mínimo em R$ 580 e garantem reajuste de quase 10% para as aposentadorias que estão acima do mínimo.

"O presidente Lula negociou, durante seus sete anos de governo, mas, no último ano, não negociou com as centrais sindicais. Nós vamos fazer pressão, a partir de janeiro, até porque eu acho que o presidente Lula não quis criar problema para a presidente Dilma e a gente sabe que ela vai ter que negociar com as centrais e fazer uma proposta mais digna e coerente com o que tem sido feito pelo presidente Lula até agora. O que não podemos aceitar é que, em um ano em que o Brasil cresce de 7% a 8%, todo o povo brasileiro ganhou dinheiro, menos os mais pobres, que ganham salário mínimo. Então, não podemos concordar e vamos travar uma batalha no Congresso para aumentar para R$ 580."

Os partidos de oposição também pretendem apresentar emendas para tentar aumentar o valor do salário mínimo que vai vigorar ao longo de 2011.

Fonte: Rádio Câmara

2 comentários:

  1. eu axo uam boa a ideia dos cursos desde que nao cortem o seguro . e que eles sejam gratis. pra que tirar o seguro tanta coisa que precisa mudar no brasil a saude esta em crise do oiapoque ao chui e e nisso eles nem falam.so pensam em tirar o ke e nosso porque nao fexam o cine e abrem uma senzala de uma vez aproveitem e revoguem a lei aurea tambem ai sim vai virar uma maravilha!!!!!

    ResponderExcluir
  2. eu estou a favor de qq protesto contra adilma se alguem estiver organizando um. eu estou dentro meu email eh housejob2009@hotmail.com vamos mostrar que brasileiro nao eh palhaço apesar de no distrito fedseral ter um circo cheio de lambanças

    ResponderExcluir